(51) 3395 1166 | (51) 3395 2400

 

Novidades

Tratamentos a laser: quatro dicas importantes

Os tratamentos com laser e luz intensa pulsada (LIP) estão sendo cada vez mais utilizados na prática dermatológica. Sua versatilidade, bons resultados e a possibilidade de alcançar camadas da pele que cremes ou peelings superficiais não atingem, tornaram o seu uso cada vez mais difundido.



Entretanto, algumas questões devem ser consideradas antes de iniciar o tratamento. Vamos a elas:

1 – Qual a indicação?

Quando se trata de laser ou LIP, não podemos esquecer que estamos diante de um procedimento médico. Assim, uma avaliação realizada pelo seu médico dermatologista é o primeiro passo para o sucesso do tratamento. Existem vários tipos de laser e LIP, e como toda ferramenta, cada um se destina a um alvo. Assim, o laser para tratar vasinhos da face não será o mesmo que o utilizado para flacidez ou rugas profundas, por exemplo. E muitas vezes técnicas combinadas podem ser necessárias para se obter um bom resultado.

2 – Qualquer pessoa pode ser tratada?

Novamente não se pode deixar de lado a avaliação clínica. Tipo de pele, problemas de saúde existentes ou  gestação/lactação podem ser fatores limitadores para a sua indicação.

3 – Posso me expor ao sol?

Este é um fator que precisa ser bem esclarecido, e temos dois pontos a considerar. O primeiro é que o sol, em geral, é o responsável pelo aparecimento de uma grande maioria das alterações da pele. Se após o tratamento houver exposição direta ao sol, o resultado terá uma duração muito pequena. 
O segundo fator diz respeito ao próprio tratamento, pois uma pele bronzeada pode ser um fator de risco para o tratamento. Sempre informe o seu médico quando foi a última vez que você se bronzeou ou se pretende se expor diretamente ao sol durante ou após o tratamento.
E nunca se esqueça de usar filtro solar diariamente, mesmo em dias nublados ou com chuva, diz Hugo Weiss dermatologista.

4 – Precisarei me afastar das minhas atividades?

Dependerá muito do laser ou LIP utilizado. Alguns tratamentos exigem, sim, um período de afastamento das atividades sociais, outros não. Mas de um modo geral, mesmo quando há necessidade de afastamento, este é por poucos dias.

Em resumo, não existe “um” laser, mas tratamentos que envolvem tipos diferentes de laser ou luz intensa pulsada, cada um com a sua indicação, que nas mãos de um profissional bem treinado ajudarão a deixar a sua pele mais bonita e saudável. 


Clínica Weiss, centro de treinamento e referência em Dermatologia e Laser.

ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES: É importante ficar bem claro que a medicina não é uma ciência exata, e que os resultados podem variar, dependendo da região tratada, do tipo de pele, do tratamento empregado, do seu engajamento nos cuidados indicados e nas suas expectativas. Nós lhe garantimos que está consultando dermatologistas qualificados, com equipamentos e treinamento de ponta, que farão o possível para obter o melhor resultado. Informamos que as fotos utilizadas no site são meramente ilustrativas e fornecidas pelos fabricantes dos equipamentos.