(51) 3395 1166 | (51) 3395 2400

 

Novidades

O corpo fala, a pele mostra

Saúde da pele | Clínica Weiss | Hugo Weiss Dermatologista

Sintomas como febre, dores, mal-estar, depressão e angústia são formas do corpo dizer que algo está errado. Alegria, disposição para o trabalho e para a vida, são indicadores positivos de que nossa saúde vai bem. E a pele, sendo o maior e mais exposto órgão do corpo, também é um indicativo para a qualidade da nossa saúde.

“Uma das coisas mais bonitas em ser médico dermatologista é o estudo dessas manifestações, porque podemos auxiliar os colegas de outras especialidades na detecção precoce das alterações de diversos órgãos”, diz Hugo Weiss, dermatologista.

Vamos discutir sobre algumas das mais frequentes alterações no corpo e na saúde da pele:

  • Queda de cabelos: uma das queixas mais frequentes nos consultórios médicos pode ser consequencia de muitas causas. A mais comum delas é a alteração genética. Muitos motivos podem estar envolvidos neste quadro: anemia, infecção urinária e outras infecções, dietas rigorosas para emagrecer, doenças da tireóide, estresse e má-nutrição.
  • Acne em mulheres adultas: diferentemente da acne do adolescente, localiza-se principalmente no queixo, periferia da face e pescoço, com lesões muitas vezes doloridas e que aparecem com maior frequencia em determinados períodos do ciclo menstrual. É uma das doenças que mais aumentou nos últimos anos. Podem ser sinais de que a pessoa apresenta ovários policísticos, endometriose ou outras alterações hormonais.
  • Aumento de pelos em mulheres: transtorno muito comum, que mexe com a autoestima das mulheres. Antes de tentar removê-los através de depilação a laser, por exemplo, deve-se solicitar o apoio do endocrinologista para uma completa averiguação. Da mesma forma que a acne da mulher adulta, pode ser um aviso de que alterações hormonais possam estar envolvidas.
  • Coceira: é o mais frequente dos sintomas da pele. Pode ser causada por inúmeras razões, que  vão  desde banhos muito demorados, uso excessivo de sabonetes, doenças próprias da pele (como escabiose e dermatite atópica, além de outros eczemas), até manifestações cutâneas de alguns tipos de câncer. Doenças do fígado, como hepatite C, alterações dos rins, excesso de ferro no sangue, deficiência de ômega 3 e ingestão deficiente de água são outras causas que devem ser levadas em conta. Muitos casos de coceira têm como origem causas emocionais.

A pele tem muito a nos dizer. Evitar a automedicação e procurar o seu médico dermatologista de confiança pode ajudar não só a melhorar a sua pele como também detectar alterações em outros órgãos. Essa é uma recomendação do dermatologista Hugo Weiss.

ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES: É importante ficar bem claro que a medicina não é uma ciência exata, e que os resultados podem variar, dependendo da região tratada, do tipo de pele, do tratamento empregado, do seu engajamento nos cuidados indicados e nas suas expectativas. Nós lhe garantimos que está consultando dermatologistas qualificados, com equipamentos e treinamento de ponta, que farão o possível para obter o melhor resultado. Informamos que as fotos utilizadas no site são meramente ilustrativas e fornecidas pelos fabricantes dos equipamentos.